Ações do REM MT de preservação da Amazônia ganham destaque mundial nas redes sociais

 As ações do Programa REM Mato Grosso em prol do meio ambiente foram assuntos na página oficial da Conferência do Clima (COP-26) no Instagram, nesta quinta-feira (21.06). 

A principal organização do mundo que debate as alterações climáticas no planeta destacou como o REM MT, que conta com recursos dos governos do Reino Unido e da Alemanha, tem apoiado "mais de 80 famílias para restaurar 2.400 hectares de terras degradadas". 

Isso, conforme a publicação, ocorre por meio do cultivo de "frutas e vegetais de forma autossustentável", o que também contribui para a "regeneração florestal", e o projeto também articula a venda dos produtos "em mercados locais". 

A ação mencionada pela COP26 trata-se do "Fundo da Agricultura Camponesa", coordenador pela organização socioambiental Instituto Ouro Verde, e que faz parte do conjunto de projetos selecionados pela Chamada 03/2020 do Subprograma de Agricultura Familiar e de Povos e Comunidades Tradicionais (AFPCTs) do REM MT. Tal projeto ocorre na região do Portal da Amazônia, que engloba 16 municípios de Mato Grosso, a exemplo de Alta Floresta, Carlinda e Peixoto de Azevedo.  

No mês de julho, os financiadores do REM MT estiveram nessa região, numa missão de monitoramento, para ver de perto  como seus recursos estão beneficiando as comunidades de agricultores familiares locais.

Para ver a publicação, clique aqui