Logo Governo MT

NA ALEMANHA: Batalhão de Emergências Ambientais participa de feira mundial de combate a incêndios florestais

 O Batalhão de Emergências Ambientais (BEA-MT) participou da edição de 2022 da INTERSCHUTZ, na cidade de Hanover, na Alemanha. Trata-se de uma feira, que é a maior referência mundial para bombeiros, serviços de resgate, proteção civil e segurança. A viagem foi custeada com recursos do Programa REM Mato Grosso.

A comandante do BEA, tenente-coronel do Corpo de Bombeiros do Estado, Jusciery Marques, destaca que o órgão é o principal agente de Mato Grosso, responsável pelo planejamento, prevenção, monitoramento e combate a incêndios florestais em todo Estado. E, nesse contexto, a ida a feira INTERSCHUTZ foi fundamental. 

"Na feira, fabricantes de todo o mundo apresentaram as mais recentes ferramentas, equipamentos e tecnologias utilizadas no combate a incêndio florestal, bem como outras áreas como resgate, salvamento e combate ao incêndio urbano", elenca Jusciery. 

Comandante do BEA-MT, Jusciery Marques, em conversa com o governador Mauro Mendes, durante a inauguração da sede do BEA, em Cuiabá. Foto: REM MT

A comandante também atentou para o fato de que o Corpo de Bombeiros de Mato Grosso é referência nacional na "utilização de ferramentas tecnológicas no auxílio à prevenção, preparação, resposta e responsabilização a incêndios florestais". Por isso, conforme Jusciery, é importante que o BEA participe de eventos de capacitação, como foi a INTERSCHUTZ, para se atualizar quanto às novidades do setor. 

"Na feira internacional de INTERSCHUTZ tivemos a oportunidade de conhecer novas tecnologias para serem usadas no enfrentamento às queimadas e incêndios florestais", enfatizou a comandante do BEA. 

Para a coordenadora do Subprograma Fortalecimento Institucional (FIPPE) do REM MT, Francieli do Nascimento, apoiar esse tipo de iniciativa é fundamental, pois traz novas possibilidades ao pessoal que está na linha de frente do combate a incêndios florestais em Mato Grosso. 

"Esse tipo de apoio vai ao encontro dos objetivos do REM MT, em especial do FIPPE, que, por meio de ações institucionais, busca estruturar políticas públicas que desenvolvam condições para a redução do desmatamento, dos incêndios florestais, manutenção da floresta em pé, bem como a redução das emissões de gases de efeito estufa (gee)", destaca a gestora.  

Francieli do Nascimento, coordenadora do Subprograma Fortalecimento
Institucional do REM MT. Foto: REM MT

 

Por Marcio Camilo
edição: Mariana Vianna 

Avalie esse item
(0 votes)
Modificado em Terça, 05 Julho 2022 18:48

Parceiros

Image
Image
Image
Image
Image
Image