Logo Governo MT

Doação de veículos: REM MT ajuda municípios a mapear cadeias produtivas da agricultura familiar

Ir aonde o produtor está. Foi com esse objetivo que o Programa REM Mato Grosso (do inglês, REDD para Pioneiros) doou camionetes às prefeituras de cidades que são consideradas estratégicas no fomento à agricultura familiar no estado. Os veículos darão condições para que os técnicos dos municípios conheçam de perto a realidade dos produtores, bem como os principais problemas a serem resolvidos nas diferentes cadeias que compõem o setor. 

Os veículos - sendo três camionetes e uma picape - foram entregues aos gestores das prefeitura de Alta Floresta, Cotriguaçu, Várzea Grande e Querência. A cerimônia ocorreu na última sexta-feira (25), em evento na área externa do estádio Arena Pantanal, em Cuiabá-MT. 

O secretário de Agricultura Familiar de Alta Floresta (região Norte do estado, bioma amazônico), Marcelo Souza, destacou que a camionete doada pelo Programa REM MT irá atender mais de 500 famílias agricultoras na região, concentradas nos assentamentos Jacaminho 1 e 2. 

“Essa camionete está longe de ser um luxo. É uma necessidade! Principalmente se a gente levar em conta o contexto local, com estradas de chão e com comunidades, às vezes, a mais de 100 km distante do centro da cidade”, relata o secretário.


Secretário de Agricultura Familiar de Alta Floresta, Marcelo Souza. Crédito: REM MT

A prefeitura de Alta Floresta trabalha, principalmente, com as culturas do cacau, café e bacia leiteira. Souza ressalta que com a mobilidade proporcionada pelo Programa REM MT, o trabalho junto aos agricultores será ainda mais  intensificado. 

“São mais insumos e assistência técnica que chegarão a essas famílias da agricultura familiar. Tudo isso, intensificando a produção e preservando o meio ambiente”, enfatizou. 


Crédito: REM MT

O prefeito de Cotriguaçu (região Noroeste, bioma amazônico), Olirio Oliveira dos Santos, por sua vez, observa que a malha viária do município possui mais de 2,5 mil km de extensão. 

“São longas distâncias em estradas que, por vezes, não são muito boas. Então, um veículo mais simples não consegue passar em certas regiões. Mas essa camionete, que estamos recebendo do Programa REM MT, é adaptada para enfrentar lamaceiro e estrada de chão. Ela vai nos dar a condição de ir aonde o produtor está”, destacou. 

Para o coordenador do Subprograma Agricultura Familiar de Povos e Comunidades Tradicionais (AFPCT) do REM MT, Marcos Balbino, os veículos são estratégicos, no sentido de ajudar no mapeamento das cadeias produtivas da agricultura familiar de Mato Grosso. “São coletas de informações, levantamento de dados referentes à produção e comercialização desses agricultores”. 


Coordenador do Subprograma de Agricultura Familiar de Povos e Comunidades Tradicionais (AFPCT) do REM MT, Marcos Balbino. Crédito: REM MT

O superintendente de Agricultura Familiar do Estado, George Lima, explica que esses dados irão compor o Sistema Estadual Integrado da Agricultura Familiar (SEIAF). 

“Trata-se de um sistema fundamental para conhecermos melhor a realidade das famílias do campo. Para sabermos das principais lacunas no setor e, dessa forma, atuar com políticas públicas para resolver os problemas. Mas, para que esses dados sejam coletados, é preciso de logísticas, que os técnicos visitem essas propriedades e conversem com essas famílias. Por isso, a doação dessas camionetes, por parte do REM MT, é tão importante”, enfatizou o gestor. 

O superintendente de Agricultura Familiar do Estado, George Lima. Crédito: REM MT

 

Por Marcio Camilo / REM MT 





 



Avalie esse item
(0 votes)
Modificado em Segunda, 28 Março 2022 15:02

Parceiros

Image
Image
Image
Image
Image
Image