Logo Governo MT

REM MT percorre mais 2 mil quilômetros para homenagear vítimas da Covid-19 no estado

A equipe do Programa REM Mato Grosso (do inglês, REED para Pioneiros) percorreu mais de 2 mil quilômetros para entregar em seis cidades as placas que fazem parte da ação de plantio em homenagem às vítimas de Covid-19 no estado. As quantidades de mudas de árvores que serão plantadas correspondem ao número de mortes por Covid-19 nos municípios que aderiram à homenagem, pensada pelo Programa REM em parceria com o setor de Educação Ambiental da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema-MT). 

A equipe saiu de Cuiabá na última sexta-feira (26) para entregar as placas às prefeituras dos municípios de Sorriso, Santa Carmen, Feliz Natal, Sinop, Peixoto de Azevedo e Alta Floresta. As entregas terminaram na segunda (29) e as placas serão fixadas nos terrenos que cada prefeitura escolheu para ação do plantio. Elas contém os seguintes dizeres: "Para cada uma das vidas: Tributo às vítimas da Covid-19 em Mato Grosso - Recuperar a natureza é respeitar a vida humana e renovar a resperança". 


Placa de homenagem às vítimas de Covid-19. Crédito: REM-MT

 

Em Sorriso (cerca de 400 km de Cuiabá), na primeira parada da equipe do REM MT, a placa foi entregue ao diretor da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Juliano Mezzalira. Lá, a ação de plantio ocorrerá no início deste mês. Ele explicou que a prefeitura já separou a área do memorial às vítimas de covid na cidade. No espaço serão plantadas cerca de 230 mudas: "Vai ser uma árvores por pessoa falecida", acrescentou.


Diretor da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente,Juliano Mezzalira, recebendo a placa em Sorriso. Crédito: REM-MT

 

Já em Peixoto de Azevedo (a 670 km de Cuiabá) a ação de plantio ocorreu no último final de semana. Ela foi registrada em vídeo e será exibida em um telão instalado no centro da cidade no final de dezembro, durante o especial de Natal que será promovido pela prefeitura.  

No dia do plantio, a equipe do REM se deparou com a participação de muitas famílias que se vestiram de branco para homenagear os entes queridos. As placas com as mudas estão no parque ecológico da cidade que passa por um processo de reflorestamento.


Famílias de Peixoto de Azevedo durante ação de plantio das mudas. Crédito: Assessoria de Comunicação de Peixoto de Azevedo

A secretária de Meio Ambiente de Peixoto, Anni Karini Reina, destacou que foram plantadas 130 mudas no parque que correspondem ao número de vítimas de covid na cidade: "Mas posteriormente nós vamos continuar o plantio nesse local, que foi escolhido porque se trata de uma área degradada do município que nós queremos recuperar", acrescentou Karini.


Secretária de Meio Ambiente de Peixoto de Azevedo, Anni Karini Reina  - Crédito: Assessoria de Comunicação de Peixoto de Azevedo

Em Sinop (a 500 km de Cuiabá), a secretária de Meio Ambiente, Ivete Mallmann Franke, ressaltou que o memorial às vítimas de covid, para além de uma homenagem, é uma forma de reflexão sobre a pandemia, que ceifou muitas vidas no país. Uma memória, que no entendimento dela, não deve jamais ser esquecida.

“Nós queremos homenagear as nossas vítimas plantando uma árvore com o nome de cada uma delas e estabelecendo um espaço onde os familiares possam fazer a visitação e  acompanhar o crescimento dessas mudas e ter um momento de reflexão também”, enfatizou a gestora.

 


Secretária de Meio Ambiente de Sinop, Ivete Mallmann Franke, recebendo a placa. Crédito: REM-MT

Já em Alta Floresta, último destino da equipe do REM antes de voltar à Cuiabá, as placas e algumas mudas foram entregues à secretária de Meio Ambiente, Gercilene Meira Leite. Na cidade, 151 pessoas morreram de Covid-19 e também serão homenageadas com o plantio das mudas que deve ocorrer ainda neste mês de dezembro. 

“É uma tristeza pelas mortes, mas, ao mesmo tempo, é com alegria que a gente faz essa ação de homenagem às vítimas. Esse plantio a gente quer fazer numa área da cidade inserida no programa ‘Adote uma Nascente’, que é voltado para recuperação desses espaços ambientais no perímetro urbano. Essa área se chama Nascente do Ipiranga e nós iremos fazer o plantio das 151 mudas nesse local”, reforçou a gestora.


Secretária de Meio Ambiente, Gercilene Meira Leite, recebendo a placa em Alta Floresta. Crédito: REM-MT

Ela acrescentou que no dia do plantio serão convidadas as famílias que tiveram seus entes queridos levados pela Covid. “Se cada um puder plantar  uma árvore, daqui há 10, 20, 30 anos, os netos, os filhos, vão passar por ali e vão ver. Então será um legado, uma memória para as futuras gerações”, refletiu Gercilene.  

A ação de plantio em homenagem às vítimas de Covid-19 em Mato Grosso é uma iniciativa do Programa REM MT em parceria com a Educação Ambiental da Sema-MT. Ao todo, 75 municípios estão envolvidos na ação.

 

Por Marcio Camilo

Avalie esse item
(0 votes)
Modificado em Quarta, 01 Dezembro 2021 21:41

Parceiros

Image
Image
Image
Image
Image
Image