Logo Governo MT

MULTA DE R$ 1 MILHÃO: Polícia ambiental desativa garimpo no interior do estado com auxílio do Satélite Planet

Ferramenta de última geração  foi adquirida com recursos do Programa REM Mato Grosso, que tem estruturado às ações de combate ao desmatamento e degradação florestal no estado 


Por Marcio Camilo
Assessoria REM MT

O Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA) realizou duas importantes operações no combate ao garimpo de ouro em Peixoto de Azevedo (a 700 quilômetros de Cuiabá), nesta terça e quarta-feira (18). Foram presas nove pessoas e apreendidos maquinários, balsa, dragas, quatro armas de fogo, além de uma multa aplicada aos infratores no valor de R$ 1, 1 milhão. A operação foi planejada a partir das imagens  do Satélite Planet - adquirido pelo Programa REM Mato Grosso - que detecta o desmatamento em tempo real e com alta resolução.

A tenente Joelma Carvalho - responsável pela operação -  detalha que o batalhão recebeu a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), que tem investigado constantes  práticas de garimpo ilegal no rio que leva no mesmo nome da cidade e na Gleba União do Norte - distrito que faz parte de Peixoto de Azevedo.

O batalhão deu início às investigações e usou imagens do Satélite Planet, que possibilitou aos agentes uma boa noção do desmatamento, bem como o tipo de dano ambiental provocado pelo garimpo. A partir dessas informações, a operação foi planejada e executada pelo BMMPA. 

Os garimpeiros foram pegos de surpresa, no momento em que faziam a extração do ouro no leito do Rio Peixoto. Alguns tentaram fugir se escondendo na mata, mas a região já estava cercada. 

Em dois dias de operação, o batalhão apreendeu três retroescavadeiras, um trator esteira, balsa de garimpo, e três dragas, além de destruir uma delas no local. Os garimpeiros ilegais também estavam com duas pistolas calibre 380, uma espingarda calibre 20 e um revólver calibre 38. O total de multa aplicada foi de R$ 1.152.131,00.


Foto: BPMPA

A tenente destaca que a região desmatada para o garimpo é de bioma amazônico e a atividade estava causando grandes danos ambientais, principalmente a poluição e o assoreamento do Rio Peixoto. “Eles estavam desmatando o local [com a derrubada de árvores] e poluindo o rio com mercúrio”, disse a oficial. 

Além do Ministério Público de Peixoto de Azevedo, a operação contou com o apoio da Marinha do Brasil. 

Apoio do REM MT

A tenente Joelma Carvalho ressalta que os recursos do Programa REM MT tem garantido nos últimos anos aluguel de veículos e computadores com capacidade de memória para baixar as imagens de alta resolução do satélite Planet. “Tudo isso aumentou a efetividade, o planejamento e a operacionalidade do batalhão que agora tem condições de atuar em todo estado”, acrescentou Joelma. 

O que é o REM MT? 

O Programa REM remunera e premia o esforço de mitigação das mudanças climáticas de pioneiros do REDD + (Early Movers) a nível estadual, subnacional ou nacional, pretendendo fomentar o desenvolvimento sustentável, e gerar aprendizados até que um mecanismo global de REDD+ seja operacional. O principal objetivo do programa é a valorização da floresta em pé. O REM segue todos os princípios e critérios da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC, na sigla em inglês), na qual não ocorre transferência de créditos de carbono.

O contrato do REM Mato Grosso prevê recursos na ordem de 44 milhões de euros do governo da Alemanha por meio do Banco Alemão de Desenvolvimento (KfW), e o governo do Reino Unido, por meio do Departamento Britânico para Energia e Estratégia Industrial (BEIS).

Os recursos do Programa estão distribuídos da seguinte maneira: 60% para os subprogramas de agricultura familiar, povos e comunidades tradicionais na Amazônia, Cerrado e Pantanal; territórios indígenas; e produção sustentável, inovação e mercados. Os demais 40% são destinados ao fortalecimento institucional de entidades governamentais do Estado e na aplicação e desenvolvimento de políticas públicas estruturantes.

Vejo o vídeo da operação:

 

 

Avalie esse item
(0 votes)
Modificado em Quinta, 18 Fevereiro 2021 14:11

Notícias